Pílula de 23 de Maio de 2017

Não corra, não mate, não morra

Muitos devem lembrar desta Campanha de Trânsito veiculada nos anos 1970, que por vezes é reeditada por alguns Detrans em vários estados do Brasil (p/ex RN – Natal)

O slogan serve como uma associação prática para ser usada pelos companheiros que estão querendo desenvolver, que estão desenvolvendo ou que já estão à frente de projetos do Rotary.

De que forma?

Esta associação nos faz lembrar de três princípios que devem ser aplicados na execução de nossos projetos:

1- Não se precipite (não corra) 

O projeto deve ser executado no momento certo, quando a idéia houver amadurecido e o projeto estiver devidamente pronto para ser implantado (material, equipe, providências, permissões etc).

Use as ferramentas Rotárias de que já falamos e que estão à sua disposição para planejar, orientar, executar e acompanhar seu projeto.

2- Não prejudique, não estrague a sua ideia (não mate)

Um projeto conduzido de forma precipitada pode ser mal executado, não funcionar como previsto e, desta forma, isto pode vir a prejudicar, matar uma ideia que poderia ser muito boa se fosse corretamente implantada.

Quando isto ocorre a ideia dificilmente será retomada e tende a ser abandonada.

Tenha certeza da correta execução de seu projeto. VOCÊ é o responsável por ele!

3- Não desista (não morra)

Não desanime se enfrentar dificuldades ou com um aparente fracasso no início de seu projeto.

Tomas Edison, o inventor da lâmpada elétrica, realizou um sem número de experiências até conseguir obter sucesso.

Portanto,

Seja persistente na execução de seu projeto!

Lembre-se deste mote:

“Não corra, não mate, não morra!”